Sinestesia

Você é uma roupa que já não me serve mais, mas eu insisto em guardar, em provar dia após dia na esperança de saber se alguma coisa mudou. Como uma peça meio sem cor, que já não combina tanto com você, mas, por algum motivo, você tem um apreço imenso por ela. Uma peça que, limpeza após limpeza, insiste em ser mantida no mesmo cantinho do guarda-roupas, como numa vã esperança de servir para alguma coisa, mesmo que lá no fundo saibamos que é só uma pecinha ocupando um espaço. Só uma memória guardada que insiste em ser mais presente do que deveria. Aliás, insistimos em deixá-la presente mais do que suportamos. Você é minha peça antiga. Mas, olha que besteira, acho que de fato nunca me vestiu. Nunca me serviu. E você que sempre pareceu me apertar mais do que deveria, num desconforto estranho, porém controversamente aconchegante. Como se a sua dor me causasse uma certa agonia em existir. Agonia essa que me dava a paz de saber que, mesmo nula e incomodamente, eu existia em alguém. Ainda que só em mim. Ainda que alimentando-me de uma vazia vontade de ser, vontade de ter. Ainda que numa caótica sequência de dias crus, eu continuei a te vestir, e tentar me acertar a você, continuei insistindo em te manter num cabide grande demais pro seu real tamanho em mim. E agora que sei que já não me vestes, se é que um dia de fato me cobriu, e agora que mal de despes, me esfria, nem aquece, agora tento te limpar, tento ocupar-me de peças que me são tão mais combinantes à cor da pele. E sequer sei se ainda quero que me sirvas, me vista. Se quis que um dia me fosse tão pele que virasse só arrepio. Nem tomo tento se te guardo pelo calor que me causas, ou pelo despir que me provas. Mas, ainda assim, te guardo querendo não mais guardar. Querendo vestir-me de você, ainda que anseie por nunca mais caber em seus contornos frios. Em você me visto, mas quero mesmo o momento em que me dispo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s