Melancolia

Tem sempre alguma coisa ferindo a gente. Minha pequena, tem!Alguma coisa que fere nosso cerne, queima alma e dilacera toda nossa crença. Meu bem, há uma nuvem maldita em nossas cabeças e o mundo há de doer por dias sem fim. Por dias sem fim haverá choro e lágrimas limpando seus olhos e, por deus, sequer lavarão sua alma, tornando-a apenas um fardo mas e mais pesado. Porque a gente se fantasia tanto, se entorpe de tantas máscaras e remédios e álcool e drogas e músicas e festas que esquecemos do que somos. E de que porra somos? Porque eu fui me prendendo contigo em remédios e filmes doces.  Ou em filmes e remédios doces, e alguma coisa lá dentro da gente vai mudando, vai se transformando. Porque a gente finge tanto que acaba aprendendo a ser. E a gente aprende a sorrir quando tá morrendo, a gente aprende a não morrer mesmo quando tá doendo. Porque tá, pequena! Há tempos nada mais me deixou sentir, mas tava aqui o tempo todo. Toda a minha dor e angústia guardadas numa caixa entranhada, perene lá no fundo do que eu escondi de mim. Mas há sempre uma fuga: viagem, comida, rock, cigarros, sexo, roubos, cortes, gente nova, esperança, deus, psiquiatras com uma vida fodida de boa te fazendo crer que viver vale mesmo a pena e que tudo ficará bem. Porra, tudo oque ficará bem? Pois quando se tem a sorte de ter a merda de vida, pequena, nem esses fodidos doidos com suas drogas doces e ilusões ditas em terapias te fazem crer por muito tempo que as coisas valem a pena. Porque eu tentei e, por deus, acho que tudo soou menos pior nesse tempo. Mas ainda tava lá, meu escape, minha rota de fuga, e todo o esforço que eu tinha que fazer pra continuar despejando essa dor na porra da caixa e de mantê-la trancada, não tava valendo o sofrimento que eu vinha evitando. Eu quero saber onde é que o mundo vai me dar a chance de me sentar com um caderno velho, num canto calmo, eu quero saber só e tão somente se a vida vale a porra de uma fuga, ou se valerá mesmo fugir pra evitar viver. Porque, te admitido, pequena, em mim tudo tá doendo pra caralho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s