Instalar do Abandono

Dias desses perdi um brinco. Um daqueles preferidos, que se usa do trabalho ao jantar. Na mesma semana perdi um pen drive com tantas fotos. Lastimável perder fotos. Também, esses pen drives cada dia menores, jogados de uma bolsa pra outra, entre porta luvas e gavetas do criado mudo. Perdi. Perdi ainda, veja só, um lenço. Desses de pescoço. Sabe, adoro lenços.

Mas nada, nenhuma dessas perdas me doeu como, nessa semana de sucessão de sumiços, me dar conta de perdi você. Deus, como dói a ausência de uma pessoa. Como é berrante e, ao mesmo tempo, mudo o instalar do abandono.

Porque não foi a casa vazia que me expôs sua partida, pois você ainda dava alguns passos entre os cômodos. Não era seu silêncio, pois sua voz ainda ressoava. Não era a porra da sua bagunça faltante, pois suas roupas ainda pairavam aos pés da cama. E o que foi que me escancarou que você partira de mim?

Como é choroso perder pessoas. Como é dilacerante dar-se conta de que elas não estarão entre bolsas e gavetas, e que, por vezes, perde-se pra sempre, sem chance de procura. Sem cartazes, sem anúncios. Perde-se, mesmo que você saiba exatamente aonde ela está. Mas não deveria estar. Não deveria, pois acho que você tinha que estar aqui, aonde esteve, e não nesse só corpo físico. Por deus, te perdi em alma, vísceras e quereres. E não te acho. Não consigo pistas, trajetos, não sei te procurar. E meu peito fere, abre, se desmancha, se escancara em pecados de perder-te e nunca, nunca mais achar-te.

Aos poucos, aos timbres e sussurros, aos dedilhares seus que abandonaram não só a casa, mas me largaram à esmo, ao relento de mim mesmo, exposta à fragilidade da minha própria companhia. Mas, veja, sei exatamente o que me berrou seu abandono. O brinco era presente seu. As fotos no pen drive eram nossas. O lenço era o seu preferido. Engraçado como, tempo depois, percebi que todas essas coisas estavam jogadas no fundo da gaveta. Menos você. Você não estava nem na gaveta, sequer em mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s