Eu te perdi

um milhão de vezes e

continuaria te perdendo.

Em cada maldita palavra

guardada.

Mas quem é você?

Porque te amei só nas partes que aceitei ver

esquecendo que você era mais do que meus

braços e laços podiam envolver.

Eu te perdi e em mais um milhão de vezes

eu chorei por você me escapar tão

facilmente, eu perdi.

Esqueci de que há uma vida inteira sua longe de mim

e meu amor não aceitou resguardar

esse infame pedaço do seu afeto.

Te perdi, e em mais um

milhão de dias

você morreu em mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s