Incólume

Esse era um dia típico onde você costumava ir embora. Depois de dias de risos unidos e camas bagunçadas, era hora de retomar a rotina. Dias calmos, com leve ventania, dias de agonia. Digo, eram dias que antecediam a retomada da semana. Eram domingos de preguiça e amenidades. Era nos domingos que você se despedia. Ainda que as despedidas fossem curtas, sempre me restava um fim de dia sem grandes acontecimentos. Um sol ardido e um vazio incólume. Faz tempo que você se foi pela última vez, mas os domingos ainda se repetem nesse clima estranho e eufórico. Sim, apesar de calmos e malemolentes, são dias que me agonizam, me deixam em estágios eufóricos e catatônicos. Não sei lidar com dias assim. Talvez pela lembrança de que já me foram agonias melhores, talvez apenas pela sensação de inocupação. Sinto a falta tua como quem morre entre suspiros de tédio. Ainda que, por deus, eu não soubesse me bastar com tua presença, ainda que ansiasse pela despedida tua que, enfim, me devolveria meu dia inerte, inócuo. Ainda que sua estadia me suplantasse as mazelas de estar acompanhada e isolada de minhas solidões. Eu costurei em mim, por deus, eu bordei e teci cada riso doce, cada toque de nossos dedos afagados pela tez do outro. Eu te fui repouso, e você me foi segurança, desatino. Meus domingos foram agonias, calmarias, fugas e desencontros. Mas todos acompanhados do pleno prazer e desvario de estar-me junto a ti. Não agora. Resta-me eu com as manchas permanentes de sua não presença. Do que um dia tu me fora, de quando esteve e agora, desocupada, não me sossego.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s