Notas de escárnio

Era como ouvir seus passos entre os quartos do andar de cima sabendo que havia ninguém na casa. Era como preparar dois cafés amargos, duas bebidas fortes e dispor dois cigarros no cinzeiro sabendo que apenas meu corpo ansiava por eles. Era como quando me sentava no sofá velho e desconfortável esperando você entrar ou telefonar, sabendo que nenhuma alma tua, nenhum vestígio voltaria.

Antes de você meus banhos eram calmos, meus cigarros queimavam com a liberdade de quem há de matar aos tragos. Antes de você as ruas eram limpas, a solidão era amiga, minha alma flanava num plano calmo. Vazio, mas calmo.

Sua presença me sujou os olhos. Me doeu o peito. Me dilacerou o mais inescrupuloso ato de sentir. Eu que compartilhei cigarros e bebidas, me sentei à banheira contigo, me escorei no teu peito nu pela ânsia de, quem sabe, me escorar em tua alma, agora me afundo numa água quente demais pro corpo meu. Fumo cigarros, engulo vinhos secos e esqueço os cafés esfriando na mesa. Agora meu silêncio quebra a casa. Preenche as lacunas de vazio. Sim, o vazio é uma massa densa que ocupa corpos e casas abandonados. Seu não me querer matou os espaços, comeu meu amor, apagou meu cigarro. Seu não me querer tropeçou diante seus olhos e você largou da minha mão. Meu desespero foi emergente. Logo eu que jamais divido cigarros e bebidas amargas, te dei minhas carteiras, meus copos e deixei você tragar minha alma toda. Eu que enchi a banheira, te molhei, lambi e sequei após seus banhos vagos, te vi abandonar mudo e sem amor os cinzeiros sujos de meu cerne. Você deixou somente um vestígio, um traço roto e sórdido em mim. Deixou as lembranças e as bebidas ruins. Saiu buscar cigarro e me esqueceu com o meu último queimando os dedos, a alma. Queimei de dor, de ardor, de agonia. Queimei antes de saber o ao certo o gosto teu. Te dei meu corpo e alma pra comer, você não avisou que partiria antes do café esfriar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s