Um café frio e não estou aqui

 

Quis escrever, numa ânsia, numa súplica vazia, quis despejar numa folha branca e vaga esse peso árduo. Revirei em minha mente torpe um nome, uma alma capaz de receber o peso de não mais me equilibrar num corpo. Busquei velhos amigos, amores dilacerados, um conhecido qualquer que me prezasse os ouvidos. Não teve ninguém. Senti-me só, numa solidão varrida e surda e tola.

A música ressoa pela casa e eu me debruço nesse sofá desbotado e velho e frio, me recubro com o manto escuro de não estar mais aqui. Por deus, não estou. Há dias a casa está vazia, a TV ligada e o café esquecido. Há dias não sei que dia é. Nenhuma alma visitou-me, mas tudo bem, as pessoas têm me causado certo cansaço.

Me sentei na sala e estendi minha alma no chão frio. Os cigarros queimaram amargos há dias no cinzeiro, derrubaram a brasa ardente entre meus dedos e sequer senti falta. O café borrou a toalha, secou nas xícaras, respingou em meus sapatos. Nenhuma alma visitou-me, mas tudo bem, a solidão preencheu meus espaços ocos de tal modo que não há mais lacunas para ocupar-me.

Ah, se eu soubesse escrever diria que meus dias têm matado o que resta de mim. Se eu soubesse preencher uma linha toda sem o desassossego e a agonia de quem não sente e não se sente, eu escreveria sobre os dias que já me foram vívidos, vividos. Dias inteiros de paz. Porra, uma paz danada. Uma necessidade de estar e ser e. Mais do que isso, um dar-me a mim como único motivo de persistir. Já não me caibo, não me mereço e, se me dou, me desprezo. Morri três vezes deitada nesse chão duro e frio.

Queimei junto com meu último cigarro. Morri asfixiada da minha imprópria necessidade de mim. Mentira, morri da ojeriza de mim, do medo de mim, do meu eu incerto no mundo alheio. Morri fechada no meu eco sórdido de não me suportar, não me habitar, não ser mais nada que me baste. Hoje, as horas não passaram, mas já é noite. Se eu soubesse escrever, diria que não estou aqui. Nunca estive.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s