tuas memórias e teu vazio de mim

Em meio a esse vazio que ecoa e me ensurdece, em meio às xícaras vazias, os cigarros mal fumados e à cama bagunçada, sobrou muito de você. Por deus, sei que há de passar, sei que esse vazio vai ser preenchido aos poucos e que os dias corriqueiros, as banalidades e o trabalho fodido vão me distrair. A gente sabe que essa dor uma hora cessa. Aliás, agora nem mais dor é. Já faz tanto tempo e ainda me despedaço da ausência tua, quanta tolice. Mas, como eu dizia, nem mais chamo de dor, agora nomeio de vazio, de eco, oco. O seu amor varreu minha alma e há algum tempo deixou de latejar, mas vez ou outra a ausência tua me recobra e percorre o corpo como uma corrente elétrica de feridas e sorrisos que não demos. Mas vai passar. Assim como você passou por mim e não quis ou não pode ficar, a sua ausência vai passar.

Se eu pudesse te pedir alguma coisa, se eu ousasse te fazer menção, pediria que levasse logo tuas memórias e teu vazio de mim. E, por deus, me sinto orgulhosa, pois nunca ousei querer te pedir pra ficar, mesmo em meio à ânsia de te berrar e suplicar e desejar que me ficasse, me cuidasse.

Sua ausência escorre pelas paredes, suja os móveis, respinga no chão da minha alma. A gente sempre acha que é o fim e a dor é grande e a solidão nos veste apertada. Mas já passou outras vezes, já doeu um sem fim de dias, o amor já me atravessou o peito como uma lança cega, mas os cafés voltaram a ser quentes depois de algum tempo. Agora eu me sento em meio às suas memórias e deixo que a falta tua ecoe em mim. Deixo que seus cigarros resistam queimando no cinzeiro e coloco meu amor no vazio da cama tua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s