Ampulheta

Eu não estou aqui. Entre páginas e falas ocas, entre dias amargos e brigas vazias. Entre o caos e céu, entre a paz e o inferno. Não estou.

Porque quando eu quis estar, você não me deixou. Não me permitiu ser nem um resquício de tudo que um dia eu quisera ou sonhara ser. Porque quando eu quase estive aqui, você foi um muro alto demais para me deixar ver além. Fechei os olhos uma centena de vezes até não ter mais força para abri-los. Eu acho que nunca cheguei a estar aqui.

Porque entreguei minha alma, vísceras e entranhas em teu afeto desalmado. Entreguei meus caos e meu sono. Meu tempo, minha luta, minha desordem. Eu quis correr um sem fim de ruas escuras só para não saber mais voltar à tua casa, ainda assim eu permaneci andando em círculos numa sôfrega e vã tentativa de me desvincilhar de teus olhos obscuros. E, porra, você sequer me olhou.

Logo eu que quis tanto estar e ser e me sentir entre quem há de sentir, agora me debruço em minha inexistência. Você afogou meus planos, sucumbiu meus limites, você me fez escorrer entre seus dedos de desafeto. Agora eu me sento à beira do meu abismo e sinto a lentidão dos dias mortos me percorrerem a espinha. Agora, daqui de cima do meu caos, eu posso ver a solidão presa na ponta cega dessa lança que me fere o peito. Não arranco a flecha que me mata porque o tempo de esvair-me de mim ainda ressoa um eco vívido. Daqui de cima do meu abismo fúnebre, eu espero a noite surgir mais calma, mais lenta, mais escura. Meu corpo tem caído dia após dia no meu vão escasso de amor. Eu que não quero mais estar aqui espero, com a paciência de uma ampulheta escorrendo a noite se debruçar em mim para que você, enfim, tire os olhos sórdidos do meu eu e possa, de fato, me ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s